Tópicos » Desnutrição Relacionada a Doença » Artigos » Consequências Clínicas da Desnutrição

Consequências Clínicas da Desnutrição

Consequências Sérias para a Saúde se não For Tratada

A desnutrição causa uma queda acentuada na saúde e função física e psicológica.1 Um conjunto significativo de evidências indica que a desnutrição relacionada a doença impacta adversamente a recuperação de doença, trauma e cirurgia e está associada a um aumento da morbidade e mortalidade em doenças agudas e crônicas.2

Foram identificadas complicações infecciosas significativamente maiores em pacientes “em risco” de desnutrição quando comparado a pacientes “sem risco”.3 Além de levar a uma qualidade de vida pior,4 a desnutrição relacionada a doença prolonga o tempo médio de internação hospitalar em mais de 30% nos pacientes afetados.56

A desnutrição relacionada a doença pode afetar todo o organismo/metabolismo e todos os órgãos do paciente com consequências potencialmente sérias. As consequências clínicas e funcionais da desnutrição relacionada a doença incluem:45

  • Capacidade reduzida de combater infecções, levando a um aumento da mortalidade
  • Dificuldade de regulação da temperatura, levando a hipotermia
  • Redução de cicatrização de feridas, levando a infecções e dificuldade de reabilitação pós fraturas
  • Incapacidade de regulação de eletrólitos e fluidos, levando ao excesso de hidratação ou desidratação
  • Comprometimento da função psicossocial, levando a depressão, apatia, negligência, introversão
  • Redução da força muscular e aumento da fadiga, levando a inatividade, incapacidade de autocuidado e tosse, promovendo infecções pulmonares
  • Diminuição da atividade, levando a úlceras de pressão, trombose venosa e embolia
  • Comprometimento da qualidade de vida,1 levando a um círculo vicioso.

Um Círculo Vicioso de Consequências para a Saúde

Outra consequência da desnutrição relacionada a doença é a redução da capacidade de responder adequadamente ao tratamento médico e farmacológico, incluindo quimioterapia. Desnutrição, doença e tratamento podem resultar em um ciclo vicioso que pode ser interrompido apenas com tratamento da doença subjacente e fornecimento de apoio nutricional adequado ao mesmo tempo.6