Tópicos » Nutrição Parenteral » Artigos » Combatendo o deficit calórico com nutrição parenteral suplementar

Combatendo o deficit calórico com nutrição parenteral suplementar

Como a nutrição adequada pode melhorar os resultados de pacientes hospitalares

A nutrição clínica (NC) deve ser adequada para combater eficientemente o deficit calórico. Isso é um desafio, principalmente em pacientes críticos. É importante fazer um controle nutricional rigoroso para prevenir desnutrição, hiperalimentação e síndrome de realimentação.

Nutrição enteral (NE) insuficiente em pacientes críticos

No âmbito da terapia intensiva, a NE muitas vezes não é viável12 devido a limitações da tolerância gastrointestinal ou interrupções frequentes, como procedimentos relacionados a tratamentos ou cirurgias.345

A nutrição clínica inadequada pode implicar em deficits nutricionais. Se adquiridos precocemente, esses deficits ocasionam complicações (infecciosas), aumento no uso de antibióticos, ventilação mecânica, tempo de internação prolongado na UTI e aumento da mortalidade.67891011

Clique aqui para ler mais sobre os riscos relacionados a deficits calóricos.

A nutrição parenteral suplementar (NPS) pode ajudar a melhorar os resultados de pacientes críticos

Quando a NE não for suficiente, a NPS precoce é uma estratégia eficaz e segura para suprir as necessidades nutricionais e prevenir os deficits nutricionais.121213 A NPS precoce pode melhorar os resultados dos pacientes no âmbito da terapia intensiva.21213

Heidegger et al. mostraram que a NPS introduzida após 3 dias de NE insuficiente resultou em uma melhora significativa da energia e aporte proteico em pacientes da UTI entre o 4º e o 8º dias em comparação com a administração apenas de NE. A mesma pesquisa também detectou uma média significativamente menor de dias fazendo uso de antibióticos, bem como a diminuição de infecções hospitalares adquiridas entre o 9º e o 28º dias. A suplementação energética individual com NPS no 4º dia após a internação na UTI deve ser levada em conta para melhorar os resultados de pacientes críticos no caso de NE insuficiente.2

 

A NPS é uma alternativa segura ao se combater deficits calóricos em pacientes críticos:

  • A NPS é uma estratégia eficaz e segura na prevenção de deficits calóricos e para suprir as necessidades nutricionais.121213
  • A NPS aumenta de forma significativa a energia e o aporte proteico médio2
  • A NPS ajuda a contrabalancear a ingestão enteral viável e as necessidades reais12
  • A NPS implica em uma média significativamente mais baixa de dias fazendo uso de antibióticos e uma redução no número de infecções hospitalares adquiridas na UTI2
  • A NPS precoce é segura tem boa tolerância se administrada adequadamente21213