Tópicos » Nutrição Parenteral » Artigos » Administração Central v. Periférica

Administração Central v. Periférica

Determinando a Via de Acesso Adequada

Quando o plano de tratamento de nutrição clínica exigir nutrição parenteral (NP), é importante determinar a via de acesso adequada.12

A administração de NP pode ser classificada como:3

  • Local de inserção (venosa periférica ou central)
  • Método de inserção (punção por uma pequena incisão cutânea ou cirúrgica)
  • Duração do tratamento (curto ou longo prazo ou permanente)
  • Distância entre o local de entrada intravenoso e a saída cutânea (tunelizada ou não tunelizada)
  • Número e diâmetro do lúmen (ou lumens) do cateter
  • Natureza da extremidade venosa adicional (orifício externo ou dispositivo totalmente implantado)

Escolhendo a Via de Acesso Adequada

As soluções de NP são administradas por um cateter venoso central ou cânulas venosas periféricas.4 Ao escolher a via de acesso adequada para administração de NP, existem diversos critérios que devem ser levados em conta. Exemplos desses critérios são a condição do paciente, a acessibilidade do sistema venoso ou a osmolaridade dos produtos de NP.145

Administração Venosa Central de NP

As indicações que, na maioria dos pacientes, exigem acesso venoso centra não cirúrgico podem ser a necessidade de suporte nutricional de longo prazo maior que um mês, pacientes com veias periféricas ruins ou a necessidade de soluções hiperosmolares (osmolaridade maior que 850 mosmol/l).35

No caso de NP venosa central, são usados diversos tipos de cateteres:135

  • Cateter de Broviac-Hickman
  • Cateter de Groshong
  • Sistema de abertura (cirúrgico)
  • Cateteres centrais inseridos perifericamente (PICC)

Recomenda-se que a colocação adequada de cateteres centrais seja monitorada por:456

  • Suporte de ultrassom
  • Suporte de raios X torácicos

Administração Venosa Periférica de NP

A nutrição parenteral periférica (NPP) oferece um método não cirúrgico, fácil de usar e, se manuseado corretamente, seguro de alimentar pacientes com necessidade de NP por um período limitado de até aproximadamente 10 dias.3 A NPP também é indicada em pacientes com estado moderado de desnutrição relacionada a doença, com falta de acesso venoso central e quando uma NP venosa central não se justifica devido a uma maior proporção de risco em relação ao benefício (sepse de cateter ou bacteremia) ou impossibilidade devido a queimaduras, infecção cutânea etc.137

A NPP também oferece diversos benefícios comparados à NP administrada via cateteres venosos centrais, que incluem:7

  • Mais simples e rápidos
  • Sem necessidade de inserção venosa central
  • Sem exigência de raios X torácicos
  • Sem risco de sepse relacionada ao cateter
  • Risco menor de complicações